Quais duvidas mais comuns na primeira partida de D&D 5e?

2

Jogadores iniciantes podem ter dúvidas na primeira partida de D&D, com indecisões no momento de agir com seu Personagem e também incertezas na hora de jogar um novo sistema de RPG.

Esse guia vem como um Acerto Crítico para tirar de vez essas dúvidas e ajudará Jogadores iniciantes a terem uma base sólida de aprendizado e aumentar sua skillplayer.

O que preciso para começar a jogar D&D?

Para jogar D&D, você precisa apenas de um grupo de pelo menos 3 participantes para iniciar suas aventuras, com um Mestre para narrar os desafios do cenário.

O que preciso para começar a jogar D&D?
Começando a jogar. Fonte/Reprodução: original.

D&D é o sistema mais jogado do mundo, então, arrumar um grupo é uma missão muito fácil e você pode até mesmo jogar online.

Além disso, você precisa conhecer um pouco sobre a temática da campanha, antes da primeira partida de D&D, e também as principais regras do sistema, mas isso será uma tarefa ainda mais simples.

Onde posso conhecer o sistema D&D?

Antes da primeira partida de D&D, você pode conhecer as regras básicas do SRD, abreviação de System Reference Document (em português, Documento de Referência do Sistema) no próprio site da Wizards of the Coast, e em plataformas oficiais, como o D&D Beyond.

Com os guias do site da WotC, você consegue montar Personagens com as 4 raças básicas mais comuns (Humanos, Anões, Pequeninos e Elfos).

Você consegue misturar as raças para jogar em alguma das funções mais comuns em um grupo de aventureiro, que são combatente/tanker (Guerreiro), suporte/curandeiro (Clérigo), atacante/especialista (Ladino) e o Mago, o usuário de magia da equipe.

Os arquivos SRD distribuídos pela WotC são guias grátis de D&D 5e, que servem para Jogadores e Mestres conhecerem o sistema e terem uma rápida noção de quais suas principais características e mecânicas.

Com isso, os participantes da banca podem escolher se é o estilo de jogo que buscam ou se devem buscar outra opção e não precisam gastar nada para jogar sua primeira partida.

Qual é o melhor sistema de D&D para começar a jogar?

D&D 5e é certamente a melhor opção para Jogadores iniciantes, tanto nesse sistema quanto no mundo do RPG como um todo.

As mecânicas simples, regras fluidas e em menor número, e o favorecimento ao roleplay, fizeram da 5 versão de Dungeons and Dragons um enorme sucesso, que atrai novos adeptos para o jogo de interpretação de papéis e também cria novos fãs do sistema de RPG mais jogado do mundo.

Não podemos esquecer que alguns Jogadores antigos, já experientes, também gostam de pegada mais oldschool e preferem utilizar as mecânicas da 3ª ediçao ou até da 2ª, conhecida como AD&D.

Esses são sistemas que fornecem inúmeras possibilidades de otimização e personalização de personagem, porém, são marcados pelas inúmeras regras e tabelas aplicadas para todo tipo de situação.

O melhor sistema de D&D é aquele que irá se encaixar no seu grupo e na forma como vocês jogam. O que vale mesmo é trilhar uma boa história, rolar uns dados e, principalmente, se divertir.

Como criar personagem em D&D?

D&D tornou-se o sistema mais popular de RPG, pois trabalha com praticamente todas as raças e classes possíveis de um cenário de fantasia.

Se você gosta de usuários de magia, feitiçaria, jogos de capa e espada com inúmeras raças e culturas diversas, certamente D&D 5e vai te agradar muito.

Antes de uma primeira partida de D&D, seja um iniciante no jogo ou uma primeira sessão, é preciso criar seu Personagem. Você deve escolher uma raça, que irá te fornecer habilidades únicas baseadas em seu tipo de criatura e ditará os bônus dos seus atributos.

Related Posts
1 of 15

Atualmente, D&D 5e conta com 40 opções de raças, que inclui desde as tradicionais raças élficas e humanas, a elefantes humanoides, vampiros, seres elementais, e até mesmo criaturas monstruosas, como hobgoblins e minotauros.

Depois de pensar na sua raça, o Jogador precisa selecionar uma Classe entre as 14 oficiais para jogar sua primeira partida de D&D.

Essas classes representam áreas de atuação específicas dentro dos 3 pilares-base do jogo, que são combate, exploração de cenário e interações sociais.

Como interpretar meu personagem?

Para sua primeira partida de D&D, é necessário entender que a interpretação do Personagem deve levar em conta aspectos da sua classe e, principalmente, da sua raça.

Tudo que você colocou na sua ficha como seu Antecedente, Tendência e sua própria história deve ser levado em consideração ao agir dentro do jogo.

Um anão guerreiro tem uma visão única do mundo, sendo perito em combate, artes da guerra e também em minerais e na forja deles em incríveis artefatos.

Essa é uma característica bem diferente de um Elfo Mago, que não sabe nada de combate, mas é um estudioso ferrenho, que domina a Trama da Magia e consegue moldar a realidade com efeitos mágicos.

Como entender o sistema de D&D?

D&D tem regras simples e bem definidas, e os Jogadores têm o dever de estudá-las para tornar a banca mais fluida e divertida.

Um jogador em sua primeira partida de D&D precisa consultar, pelo menos, as regras relacionadas ao seu Personagem. Ler as regras de magia para os conjuradores, ou de ações de combate para guerreiros, ajudam esses aventureiros na primeira partida.

Como deixar a vergonha de lado em partidas de D&D?

Se é sua primeira partida de D&D, interpretar um papel pode ser muito desafiador, mas não se preocupe que nossas dicas vão te ajudar a perder a dificuldade e aliviar a tensão

Relaxe

Você está com seus amigos para se divertir, então relaxe. Jogar um RPG não é um trabalho nem uma prova acadêmica importante, então não fique tenso nem ansioso. Você terá um melhor rendimento se agir com calma.

Leia muito

Para conhecer as possibilidades de ação, você precisa conhecer muito bem seu Personagem e o que ele pode fazer.

Aprender combos ou simplesmente uma mecânica interessante só é possível se você ler sobre as regras gerais do sistema, além de também poder consumir conteúdos sobre sua raça, antecedente e classe e otimizar ainda mais sua história.

Seja o Personagem

A última e mais importante dica é saber que tudo que você fizer ali no jogo não é o Jogador que faz, e sim o Personagem.

Você tem liberdade para jogar da forma que quiser e criar um Personagem único, então, deve optar por algo que você goste de interpretar. Um aventureiro no qual você se inspire pode te ajudar a criar traquejos sociais e de interpretação.

Usar sotaques ou vozes diferentes também pode ser uma divisão entre Jogador e Personagem, que pode contribuir para tirar o peso da realidade de você.

Jogar RPG, com certeza, é uma das melhores formas de desligar-se do mundo e se divertir com seus amigos em história de fantasia épica. Ser um iniciante em sua primeira partida de D&D não é problema algum, afinal, é um jogo muito simples e intuitivo, onde normalmente os Jogadores experientes são prestativos e gostam de ajudar.

D&D 5e é a versão mais simples e popular do sistema d20, mas consegue ter complexidade, a depender do Mestre e do que os Jogadores buscam na banca. Então é um ótimo ponto de partida para suas bancas e campanhas nesse mundo de feitiçarias e espadas.

Show Comments (2)